Quinta-feira
20 de Fevereiro de 2020 - 

Notícias

Acesso restrito

Insira seu usuário e senha para acesso ao sistema jurídico

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

STF Educa: cursos online abertos ao cidadão chegam a 3,6 mil inscritos em menos de uma semana

Nas primeiras 24 horas no ar, mais de 1,2 mil pessoas se inscreveram nos cursos online do STF Educa, projeto do Supremo Tribunal Federal em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Já são 3,6 mil inscritos em menos de uma semana. Disponíveis na plataforma EaD do CNJ, as atividades são gratuitas e abertas a toda a sociedade. A maioria dos interessados optou pelo curso “Introdução ao Direito Constitucional e ao Controle de Constitucionalidade”, com 2.012 inscritos. Em segundo lugar na preferência, até o momento, está o curso de “Atualização Gramatical” (1.448), seguido pelo curso “Quando nasce um pai: orientações básicas sobre paternidade responsável” (168). “A procura nos surpreendeu devido ao grande volume de inscrições em tão pouco tempo”, comenta Renata Lucena, coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas do STF. A ideia é que a oferta ocorra em ciclos de dois meses, como neste primeiro, que vai de fevereiro a março. Para o segundo ciclo, a ser iniciado em abril, já estão previstos mais dois cursos, além dos atualmente disponíveis. A partir desses cursos iniciais, será possível analisar o perfil dos participantes e direcionar a capacitação aos temas de maior interesse. Ao preencher o formulário de inscrição, o usuário informa dados como escolaridade, renda familiar, cidade e se é servidor público (e de qual esfera). “Promover atividades de capacitação para além do público interno, atingindo a comunidade em geral, era um sonho da área de educação a distância do STF”, afirma Renata. A intenção é que futuramente o projeto seja ampliado, utilizando a plataforma própria do Supremo. A Central do Cidadão do STF já havia recebido manifestações nesse sentido. Os cursos são elaborados por servidores do STF que atuam como instrutores internos. Eles são adaptados ao formato autoinstrucional para permitir o aprendizado autônomo, sem tutoria. A seleção dos temas oferecidos considera a baixa necessidade de atualizações legislativas e jurisprudenciais e a detenção dos direitos autorais pelo Supremo. Ao final do curso, os alunos recebem certificado após cumprir os requisitos para aprovação: acesso a todas as aulas, aproveitamento mínimo de 70% nas atividades e preenchimento da avaliação de reação. Confira os cursos disponíveis e algumas avaliações dos usuários: Com carga horária de 19 horas/aula, o curso busca proporcionar a compreensão adequada das questões constitucionais, do papel de uma Constituição e das técnicas de controle de constitucionalidade traduzindo-se em uma prestação jurisdicional melhor e mais célere. São apresentados conceitos constitucionais básicos e como eles têm sido desenvolvidos nos julgamentos do STF. Nas 27 horas/aula, os alunos poderão aprimorar as competências comunicativas, em especial as ligadas à produção de textos escritos. O conteúdo aborda regras de colocação pronominal, coerência, coesão, regência, uso de crase, concordância e pontuação, entre outros aspectos. São oito horas/aula. Neste curso, são apresentadas informações relacionadas à paternidade responsável, de forma a sensibilizar e empoderar os pais para a participação na vida dos filhos.
10/02/2020 (00:00)

Contate-nos

Avenida Getúlio Vargas  18-46  14° Andar
-  Jardim Europa
 -  Bauru / SP
-  CEP: 17017-383
+55 (14) 3206-0206
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.